A Adoção e dificuldade de relacionar

Por Luzia Winandy

Em geral as pessoas que sofreram um abandono carregam sentimentos de rejeição muito intensos. Os fantasmas de abandono parecem sempre estar pairando de alguma forma em suas mentes.

A experiência de abandono deixa marcas que influenciam a auto imagem e capacidade de se vincular a outras pessoas. A pessoa adotada fica com medo de gostar e voltar perder o amor, como aconteceu quando foi “abandonado” por seus pais biológicos. Ou quando se liga a uma pessoa, não consegue se soltar, podendo viver “grudada” nesta.

O amor e a aceitação dos pais adotivos influenciarão a capacidade de relacionamento de seu filho. Se os pais adotivos vivem a adoção de uma forma perturbada, a relação com o filho também o será.

Os pais devem garantir um ambiente propício para o filho adotado – ele deve ter certeza que é amado e que não será abandonado novamente. Assim poderá aos poucos adquirir confiança nas relações com outras pessoas, podendo se envolver genuinamente.

Luzia Winandy

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags